Até onde Cristo é Suficiente?


   Ouvindo o Evangelho pregado hoje em dia, fica mais do que claro que Cristo parece não ser suficiente na vida de muitos cristãos.
   Pregadores que esbravejam palavras, baseadas numa Teologia barata; "determinando", "declarando", "tomando posse" exigindo de Deus, como se o mesmo fosse seu servo, para assim atender todos os seus caprichos.
   Até onde Cristo seria suficiente na vida de tais pessoas?
   Seria Cristo suficiente se Deus não lhe desse seus carros, ou seus apartamentos em bairros nobres?
   Seria Cristo suficiente se a fome , ou perseguição batessem em suas portas?
   Seria Cristo suficiente se todos os reveses da vida lhe surpreendessem em um só unico momento de suas vidas?
   Até onde Cristo seria suficiente?

   Estou convencido de que nada poderá jamais nos separar do seu Amor. A morte não o pode, nem tampouco a vida. Os anjos não o poderão, e todas as forças do inferno não poderão afastar de nós o Amor de Deus. (Rm 8.38a)

4 comentários:

irmão da iurd de cajati disse...

Que a Palavra de Deus te responda meu irm�o: Eu iria fazer alguns coment�rios sobre os textos, mas leia e medite nas palavras claras da B�blia Sagrada.

SALMO CAP. 13
1 AT� quando te esquecer�s de mim, SENHOR? Para sempre? At� quando esconder�s de mim o teu rosto?
2 At� quando consultarei com a minha alma, tendo tristeza no meu cora�o cada dia? At� quando se exaltar� sobre mim o meu inimigo?
3 Atende-me, ouve-me, � SENHOR meu Deus; ilumina os meus olhos para que eu n�o adorme�a na morte;
4 Para que o meu inimigo n�o diga: Prevaleci contra ele; e os meus advers�rios n�o se alegrem, vindo eu a vacilar.
5 Mas eu confio na tua benignidade; na tua salva�o se alegrar� o meu cora�o.
6 Cantarei ao SENHOR, porquanto me tem feito muito bem.

GENESIS CAP 15
1 DEPOIS destas coisas veio a palavra do SENHOR a Abr�o em vis�o, dizendo: N�o temas, Abr�o, eu sou o teu escudo, o teu grand�ssimo galard�o.
2 Ent�o disse Abr�o: Senhor DEUS, que me h�s de dar, pois ando sem filhos, e o mordomo da minha casa � o damasceno Eli�zer?
3 Disse mais Abr�o: Eis que n�o me tens dado filhos, e eis que um nascido na minha casa ser� o meu herdeiro.
4 E eis que veio a palavra do SENHOR a ele dizendo: Este n�o ser� o teu herdeiro; mas aquele que de tuas entranhas sair, este ser� o teu herdeiro.
5 Ent�o o levou fora, e disse: Olha agora para os c�us, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim ser� a tua descend�ncia.
6 E creu ele no SENHOR, e imputou-lhe isto por justi�a.

JU�ZES CAP.6
12 Ent�o o anjo do SENHOR lhe apareceu, e lhe disse: O SENHOR � contigo, homem valoroso.
13 Mas Gide�o lhe respondeu: Ai, Senhor meu, se o SENHOR � conosco, por que tudo isto nos sobreveio? E que � feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: N�o nos fez o SENHOR subir do Egito? Por�m agora o SENHOR nos desamparou, e nos deu nas m�os dos midianitas.
14 Ent�o o SENHOR olhou para ele, e disse: Vai nesta tua for�a, e livrar�s a Israel das m�os dos midianitas; porventura n�o te enviei eu?

MALAQUIAS CAP.3
10 Trazei todos os d�zimos � casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Ex�rcitos, se eu n�o vos abrir as janelas do c�u, e n�o derramar sobre v�s uma b�n�o tal at� que n�o haja lugar suficiente para a recolherdes.
11 E por causa de v�s repreenderei o devorador, e ele n�o destruir� os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo n�o ser� est�ril, diz o SENHOR dos Ex�rcitos.
12 E todas as na�es vos chamar�o bem-aventurados; porque v�s sereis uma terra deleitosa, diz o SENHOR dos Ex�rcitos.

MARCOS CAP.7
25 Porque uma mulher, cuja filha tinha um esp�rito imundo, ouvindo falar dele, foi e lan�ou-se aos seus p�s.
26 E esta mulher era grega, siro-fen�cia de na�o, e rogava-lhe que expulsasse de sua filha o dem�nio.
27 Mas Jesus disse-lhe: Deixa primeiro saciar os filhos; porque n�o conv�m tomar o p�o dos filhos e lan�-lo aos cachorrinhos.
28 Ela, por�m, respondeu, e disse-lhe: Sim, Senhor; mas tamb�m os cachorrinhos comem, debaixo da mesa, as migalhas dos filhos.
29 Ent�o ele disse-lhe: Por essa palavra, vai; o dem�nio j� saiu de tua filha.
30 E, indo ela para sua casa, achou a filha deitada sobre a cama, e que o dem�nio j� tinha sa�do.

QUE DEUS TE ABEN�OE EM NOME DO SENHOR JESUS.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Deus te abençoe por essa msn meu amado; sabemos que as muitas bençãos do nosso Senhor são importantes e elegram a nossa alma; mas se não podemos dizer que Cristo nos é suficiente o nosso cristianismo é superficias e estamos longe de entender o que Paulo escreveu acerca do "Posso todas as coisas..."

Maciel Melo disse...

Anônimo? Coragem e transparência são genuínas virtudes cristãs...
Verdadeira é a frase: "A tolerância faz amigos, a verdade cria inimigos".
Coragem/transparência, Anônimo???